Índios Kaxarari necessitam de apoio para incrementar produção e comercialização de castanhas, bananas e outros produtos agrícolas

O Ministério Público Federal (MPF/RO) e o governo de Rondônia estiveram reunidos na manhã dessa terça-feira (18) para tratar sobre a geração de renda para os indígenas da etnia Kaxarari. O vice-governador Daniel Pereira e o procurador da República Daniel Lôbo definiram que, para dar início aos trabalhos, será realizada uma visita técnica às aldeias. O encontro foi realizado na Vice-Governadoria, no Palácio Rio Madeira.

Durante a reunião, Daniel Lôbo explicou que a etnia Kaxarari é composta por cerca de 350 indígenas, que possuem terra demarcada no distrito de Extrema, no município de Porto Velho. Pela localização geográfica, os Kaxarari estão na área de abrangência da Fundação Nacional do Índio (Funai) de Alto Purus (AC). Segundo o procurador, além do extrativismo de castanhas do Brasil, os indígenas também cultivam bananas e outros gêneros alimentícios típicos da região.

O vice-governador disse que é possível incluir o apoio técnico aos Kaxarari nos programas governamentais já existentes. Daniel Pereira acrescentou que o incremento da produção é tão importante quanto a comercialização, por isso é preciso estabelecer estratégias para a escoação dos produtos agrícolas.

O MPF/RO fará a interlocução entre indígenas, Funai e governo de Rondônia a fim de estabelecer e cumprir as etapas necessárias para a concretização de projetos de geração de renda.

Fonte: http://www.mpf.mp.br/ro/sala-de-imprensa/noticias-ro/abrilindigena-mpf-busca-apoio-do-governo-de-rondonia-para-producao-de-castanhas-na-terra-indigena-kaxarari