Cerca de 500 índios marcharam em direção ao Congresso Nacional. Polícia Legislativa lançou bombas de gás

Indígenas reunidos em Brasília protestaram em frente ao Congresso Nacional na tarde da terça-feira 25, pedindo a saída do ministro da Justiça, Osmar Serraglio, e a retomada do processo de demarcação de terras.

Integrantes da Polícia Legislativa lançaram bombas de gás para impedir o avanço dos manifestantes.

Ao menos 500 índios protestavam no local quando se aproximaram do espelho d’água para depositar caixões simbolizando o etnocídio das populações originais. Nesse momento, a Polícia Legislativa jogou bombas de gás contra os manifestantes, que não recuaram e reagiram atirando flechas.

Por volta das 16h30, a Polícia Militar do Distrito Federal chegou ao local.

Na última terça-feira 18, quando um grupo de policiais civis chegou a invadir o prédio da Câmara dos Deputados, a PM não foi convocada.

Além da saída do ministro da Justiça, os indígenas, que estavam reunidos no Acampamento Terra Livre desde a segunda 24, pedem o fortalecimento da Funai, além de melhorias nas políticas de saúde e educação para essas populações.

Fonte: https://www.cartacapital.com.br/politica/em-brasilia-indigenas-protestam-pela-saida-do-ministro-da-justica