.

Demanda acatada pelo Ministério da Saúde é uma conquista dos povos indígenas da região

 

por Daniel Giovanaz – Curitiba

Após duas semanas de protestos em Curitiba, o Ministério da Saúde cumpriu a promessa e exonerou na manhã desta sexta-feira (9) a gestora Vilma Marli Depetris do cargo de coordenadora do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Litoral Sul. A exoneração, publicada ontem em Diário Oficial, foi muito comemorada pelas lideranças indígenas da região, que apostam em mudanças no quadro diretivo do Distrito para solucionar problemas de infraestrutura e saneamento nas comunidades.

Para conquistar essa demanda, cerca de 150 indígenas ocuparam um prédio do Ministério na região central de Curitiba no dia 24 de novembro.

Em entrevista ao Brasil de Fato na última quarta-feira (7), o cacique Aridju Xondaro informou que o ministro Ricardo Barros havia cedido aos protestos indígenas e prometido a exoneração da gestora. No entanto, as famílias que se reuniam em Curitiba há 13 dias aguardavam a publicação em Diário Oficial para desocupar o prédio.

Fonte: Ministro Cede Aos Protestos Indígenas E Exonera Gestora Distrital De Saúde No Paraná | Brasil de Fato